SILENCIADORES ©
1033 notificações                                compartilhe ✖

Eu gosto do seu cinismo, da sua atmosfera indignada,
da sua mão por baixo da minha saia rodada,
eu me aproximo e te abraço
e você se desfaz.

Eu gosto do seu corpo magro, adaptado ao balcão,
inclinado, cansado, partido ao meio, quebrado,
eu olho fundo nos seus olhos
e você se desfaz.

Eu gosto do seu jeito rude, do seu desequilíbrio mental,
do seu semblante falido, como águas caindo, mudo, enfurecido,
eu falo bem baixinho o seu nome
e você se desfaz.

Eu gosto do seu sorriso alcoolizado, gratuito às putas da cidade,
do gosto de dromazepan depois das duas da manhã,
eu me deito ao seu lado
e você se desfaz.

Eu gosto da sua pele áspera e parda, das suas palavras
postas em pilhas e ditas em um ritmo esquizofrênico,
eu te amo na cama feito bicho
e você se desfaz,

tudo isso é pura poesia baby,

tudo isso tem um pouco de loucura baby,

tudo isso tem um pouco de amor.


Elisa Bartlett (via oxigenio-dapalavra)

16068 notificações                                compartilhe ✖
Eu que gritei para tantas pessoas ficarem, hoje só quero mesmo é que elas sumam de uma vez por todas.

Tati Bernardi.  (via romantizar)

9902 notificações                                compartilhe ✖
Mas toda distância que nos separam desaparecem quando eu sonho com o seu rosto.

3 Doors Down. (via promisse)

9902 notificações                                compartilhe ✖
Mas toda distância que nos separam desaparecem quando eu sonho com o seu rosto.

3 Doors Down. (via promisse)